Centro Vianei de Educação Popular

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

Mercados e produtos locais, consumo local, valorização de produtos locais

E-mail Imprimir
Avaliação do Usuário: / 1
PiorMelhor 
 Seminário MISEREOR -2016
Centro Vianei de Educação Popular participa da segunda edição do seminário “Mercados e produtos locais, consumo local, valorização de produtos locais”, promovido pela Misereor.

Entre os dias 12 e 14 de maio de 2016, foi realizado o 2º Seminário de Mercados e produtos locais, consumo local, valorização de produtos locais, no Rio de Janeiro, promovido pela MISEREOR. O evento foi realizado no Centro Cultural João XXIII, Botafogo, e contou com a participação de representantes de diversas organizações não governamentais e movimentos sociais que enriqueceram os diálogos e trocas de experiências. 
Ao todo foram de 40 participantes que representaram 21 instituições de 16 estados do Brasil. As instituições foram participantes foram: Articulação Nacional de Agroecologia (RJ), Associação Paranaense de Apoio as comunidades de educação em Saúde e Agricultura do Maranhão (ACESA) , Associação Paranaense de Apoio as comunidades carentes do Pará (APACC), Agricultura Familiar e Agroecologia (AS-PTA) do Paraná e do Rio de Janeiro, Alternativas para pequena agricultura do Tocantins (APA-TO), Centro de Estudos e Ação Social da Bahia (CEAS), Rede de Comercialização Solidária de Agricultores Familiares Extrativistas do cerrado de Goiás (CEDAC), Central do Cerrado - Cooperativas e rede de comercialização de Brasília, Centro de Estudos e Promoção da Agricultura de Grupos (Cepagro) de Florianópolis (SC), Centro de Tecnologias Alternativas Populares (CETAP) de Passo Fundo (RS), Redes de Comunidades do RS (COOPSUL), Instituto Regional de Agricultura a propriedade de Juazeiro – BA (IRPAA), Semiárido Paraibano (PATAC), Centro de Desenvolvimento agroecológico do Recife (Centro Sabiá),  Serviços de Assessoria e  Organizações Populares Rurais de Salvador (SASOP), Serviços de Apoio a Projetos Alternativos Comunitários de Natal (SEAPAC), Slow Food Brasil, Centro Vianei de Educação Popular de Lages (SC) e Projeto Padre Ezequiel de Ji-Paraná de Rondônia. O evento foi promovido e coordenado por Annette Hoensch da MISEREOR, coordenadora de projetos na Amércia Latina.
 
Os temas centrais discutidos no seminário foi autogestão e contato produtor/consumidor. Experiências interessantes foram expostas por convidados seguidas de debates com agregação de outras experiências praticadas pelas instituições participantes. A exemplo, o Thiago Nasser apresentou as experiências da Junta Local (www.juntalocal.com.br). Ele é sócio do movimento que atua, principalmente, na zona sul do Rio de Janeiro que busca juntar produtores e consumidores em torno da comida local e justa. O objetivo é possibilitar que cidadãos tenham acesso direto a alimentos locais de qualidade através da uma Rede composta por consumidores e produtores e de feiras locais. 
O Cepagro apresentou sua experiência no processo de construção do Box de Orgânicos, na fala do Eduardo Rocha e Lauro Martins, estudante de Agronomia e bolsista do LACAF- Laboratório de Comercialização da Agricultura Familiar. Lauro relatou o atual momento do Box Orgânicos Floripa e da Feira Agroecológica do CCA, que acontece toda sexta feira. Também citou a participação dos consumidores conscientes que frequentam a feira e que colaboraram com recursos para sua ida ao seminário no Rio de Janeiro. Essas experiências, entre outras apresentadas, serviram de base para diversos debates e reflexões muito enriquecedoras para as entidades que buscam fortalecer os temas abordados. 
Ao longo dos três dias do encontro foram abordados também inúmeros outros temas em torno da agroecologia como: a conscientização sobre produtos locais e agroecológicos; criação de laços de cooperação entre produtores e consumidores para troca de conhecimentos e experiências práticas; experiências de autogestão, práticas e feiras agroecológicas; e, organização de intercâmbios e visitas entre consumidor e produtor para troca de conhecimentos na produção e comercialização.
O seminário resultou, enfim, em encaminhamentos que irão servir para o fortalecimento de ações integradas em torno dos temas da autogestão e contato produtor/agricultor. Alguns desses encaminhamentos foram (1) fortalecer os temas do seminário na Articulação Nacional de Agroecologia Amazônia, (2) programar e realizar intercâmbios temáticos e (3) constituir uma rede temática em torno do acesso a mercados locais e abastecimento de alimentos agroecológicos. 
O encontro também foi fundamental para o fortalecimento do projeto “Promoção da articulação entre o campo e a cidade em dinâmicas locais e regionais de abastecimento agroecológico, conjugado com incidência política em soberania e segurança alimentar e nutricional”; executado pelo Cepagro, Cetap, AS-PTA e Centro Vianei de Educação Popular e apoiado pela Misereor. Paralelamente ao seminário estas entidades tiveram a oportunidade de se reunir e dialogar sobre do andamento e planejar as próximas ações do projeto, que completa 6 meses de atividade.

RICARDO BRASIL SEVERINO 
Assessor técnico do Centro Vianei de Educação Popular. 
Colaborações das entidades parceiras do Projeto Abastecimento em Rede. 
 
Seminário MISEREOR -2016 Seminário MISEREOR -2016Seminário MISEREOR -2016Seminário MISEREOR -2016