Centro Vianei de Educação Popular

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

Associação das Mulheres do Cruzeirinho realiza o Seminário de finalização do projeto de estruturação

E-mail Imprimir
Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 
 Cruzeirinho

Associação das Mulheres do Cruzeirinho realiza o Seminário de finalização do projeto de estruturação da produção agroecológica

A Associação das Mulheres do Cruzeirinho, Cerro Negro (SC), realizou no dia 29 de julho de 2016 o seminário de finalização do projeto “Estruturação da produção agroecológica do Grupo das Mulheres do Cruzeirinho, Cerro Negro (SC) para fortalecimento da segurança alimentar e nutricional e da geração de renda”, apoiado pelo Fundo Socioambiental Casa e o Fundo Socioambiental da Caixa Economica Federal. O evento contou com a participação da Prefeitura de Cerro Negro, Secretaria de Assistência Social, Secretaria de Saúde, Secretaria de Agricultura, Epagri, Centro Vianei de Educação Popular, Comunidade do Cruzeirinho e comunidades vizinhas.

A Agricultora Agroecológica Dirlei Conceição Luiz, inicialmente, explicou as origens do Grupo, o processo de institucionalização da Associação das Mulheres do Cruzeirinho e a implantação do projeto de Estruturação produtiva Agroecológica. Na sequencia, foi feita uma visita a uma unidade produtiva onde os convidados puderam observar alguns resultados do projeto. Por fim, os participantes foram convidados para um coquetel de encerramento.

 

O projeto foi executado em 12 meses e teve como objetivo central a qualificação do processo produtivo das unidades familiares agroecológicas do grupo, para garantir a segurança alimentar e nutricional através da produção para subsistência e de excedentes para comercialização em mercados de cadeia curta.

Durante o período, as famílias das mulheres beneficiárias foram contempladas com: 

10 estufas tipo “túnel alto” com sistemas completos de irrigação por gotejamento; 

1 Motocultivador;

Implantação de 60 mudas de espécies fruteiras comerciais e 200 de espécies nativas em uma composição agroflorestal; 

Implantação do sistema de gestão comunitária dos resíduos orgânicos para geração de adubo;

Divulgação da Associação, da agroecologia e do Projeto através de banners, faixas, placas indicativas e publicações na mídia;

 Aquisição de ferramentas e materiais para a produção como pulverizadores, carrinhos de mão, enxadas, 

Assessoria técnica em Agroecologia e organizativa em todo o processo de execução do projeto. 

 

Graças a essa estruturação, a produção agroecológica aumentou e ficou mais qualificada. Com isso, as famílias da Comunidade do Cruzeirinho estão gradativamente se alimentando mais de alimentos agroecológicos produzidos localmente, aumentando a Segurança Alimentar e Nutricional das famílias da comunidade. Além disso, os produtos agroecológicos cultivados pela Associação já estão abastecimento mercados institucionais como o PNAE – Programa Nacional de Alimentação Escolar e a projeção é que até o final do ano de 2016 passem novamente a entregar alimentos no PAA – Programa de Aquisição de Alimentos. A previsão é que até outubro de 2016 a Associação passe a comercializar os produtos na feira semanal de Cerro Negro e está dialogando com a Prefeitura Municipal de Abdon Batista para iniciar uma feira semanal nesta cidade.

O grupo projeta agora captar recursos e formar parcerias para construir a sede da Associação e, além disso, diversificar a renda com a panificação.

A avaliação da implantação do projeto foi muito positiva pois além dos resultados materializados na produção agroecológica houve grandes avanços no aspecto organizativo da Associação. O grupo contou com a fundamental parceria do Centro Vianei de Educação Popular e do Assessor técnico Ricardo Brasil Severino, contratado pela Associação para implantar o projeto. 

 

Ricardo Brasil Severino 

 

CruzeirinhoCruzeirinhoCruzeirinhoCruzeirinhoCruzeirinho CruzeirinhoCruzeirinho